Pensamentos de natureza sobre o hyperlapse

25 de setembro de 2014 § Deixe um comentário

Esse aplicativo Hyperlapse é uma coisa engraçada, né

Na verdade é bonito, é bem legal. A estética fica boa. O trânsito fluindo visto do alto andar de um prédio, o trajeto na marginal tietê livre (devia ser domingo), o cachorro correndo pra pegar e trazer um pedaço de tronco mil vezes. Foram alguns dos vídeos que assisti. É interessante. Fica bonito, sim.

Mas será que já contamos o tempo pelo hyper?

Não tem uma vez que eu assisto os vídeos e não pense: se estivesse em tempo normal, eu teria assistido até o final? Você teria? Eu já me peguei adiantando a barrinha do youtube alguns segundos muitas vezes durante o mesmo vídeo pra ver o que ia acontecer. E olha que era apenas um registro desses de cachorro. normal. Preciso fazer tanta coisa, não tenho tempo de ficar vendo videozinho bobinho, sabe? Que ilusão. Se clicou pra ver, já decidiu que tem tempo. Se estava lendo alguma coisa que dá brecha pra aparecer esse tipo de vídeo, tá assumindo que pode se distrair.

o que passou aqui? não deu tempo de ver....

o que passou aqui? não deu tempo de ver….

Me preocupa essa coisa de contar o tempo pelo hyper.

Já estamos tão ansiosos, depressivos, sem água, sem humor e que vontade é essa querer se adiantar ao tempo? Queremos que chegue logo. O fim do vídeo, a resolução dos problemas, a idade certa, o lugar ideal. A cabeça trabalha cada vez mais rápido. Aceleramos o pensamento com a sensação de que o tempo dura mais. Eu assisto assim, esses vídeos rápidos, e parece que eu nem parei de trabalhar. Bullshit que você diz pra você mesmo e pro mundo.

Contar o tempo pelo hyper é perder a noção do tempo da natureza. Fila, espera no whatsapp, conversa que leva tempo, cura da gripe. Nada se dá no tempo que você gostaria. Nada é páreo para tua mente que não pára (acento pra sempre! <3 ) e das duas uma: ou cria um monte de situações sobre o que pode estar acontecendo durante a espera (e na maioria das vezes é nada), ou você já não presta atenção em nada do que o outro diz, pois sua cabeça já está pensando em outra coisa. E tem gente que diz que isso é ser trendsetter, pensar a frente, ser inquieto. Nunca vou compactuar que isso pode ser bom. Somos natureza!

A estética da natureza fica boa mesmo nesse hyperlapse.
Mas por favor, só a estética.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Pensamentos de natureza sobre o hyperlapse no Canto da Reitch.

Meta

%d blogueiros gostam disto: